28 Uma mente inquieta

Olá pessoal!
Ando nervosa ao quadrado! E com esse sentimento chato venho sentindo vontade de me afogar em um potinho modesto de sorvete e um pedaço de bolo de chocolate, tudo junto e misturado!
Tenho resistido, mas confesso que estou pensando nisso mais do que eu deveria ou gostaria. Não é fácil.
O que me tem ajudado a resistir é pensar que, além de ter problemas, se eu comer porcarias eu terei problemas + gordura!
Além de continuar com problemas, ganharei mais gordura. E o que era uma quase magra (leia-se uma quase no peso normal) com problemas se transformaria numa gorda com problemas.
Acho que vocês já perceberam meu drama.

Há coisas que realmente não estão nas nossas mãos. Certos problemas não dependem apenas da nossa força de vontade em resolvê-los. Preciso muito aceitar isso e ter mais paciência.
Não é fácil, eu gosto de tudo pronto na hora. Quero tudo para ontem, não sei esperar e não gosto de depender de fatores externos. Gosto de resolver tudo a tempo e hora.

Então é isso, vou lutando com minha mente gorda a querer doces e vou fazer de tudo para não ceder aos impulsos.
Por vezes eu tomo café e passa a vontade. O engraçado é que eu nunca fui de gostar de café, mas agora tem vindo a calhar.

Que nossa senhora da cintura fina me ajude!


48 Meu estilo de vida alimentar


Na minha vida alimentar não sinto falta de pão, massa, arroz e coisas desse tipo (Meu problema sempre foi doce, chocolate, doce, doce, doce).
Sim, eu consumo carboidratos, até porque eles estão nas verduras, nas frutas, oleaginosas e etc. Já todos sabemos disso.
Nunca gostei de gordura, carnes gordas, bacon e coisas do gênero. Por isso não acredito que se alguém começar a comer apenas isso e emagrecer, estará fazendo algum bem para si próprio.
Acho que devemos ter em atenção que qualquer que seja a linha a seguir, o primeiro passo é informação. Tem gente que lê um trecho sobre uma dieta da moda e começa a fazer. Assim, num ápice!
No meu ponto de vista, bem da minha humilde posição de aprendiz, devemos buscar muita informação primeiro. Depois devemos verificar se nossas taxas estão em ordem, exames, pelo menos os básicos.
Em seguida eu levo em consideração o que eu gosto de comer, o que me faz bem e ainda dá prazer. Caso contrário não conseguirei ir em frente por muito tempo.
Agora sim, começar a seguir uma linha, um estilo de vida alimentar.

Não é simples, quebrei a cabeça por muito tempo e ainda o faço. Antigamente minha preocupação era retirar doces, açúcar e fritos.
Hoje minha preocupação é não comer batata doce demais, nem castanhas do pará a mais! Pois é, coisas saudáveis.
Alguns problemas superados, outros em andamento e outros ainda virão! É essa a nossa vida!

Quando falo que faço a redução de carboidratos é basicamente isso mesmo! Eu não me entupo de gordura porque não sou louca. Eu não consumo proteína gorda porque não gosto.
Eu priorizo sim, proteína magra, adoro peixes e não gosto muito de comer carne vermelha.
Eu consumo castanhas do pará, amêndoas, queijo fresco, ricota, gelatina com iogurte natural batidos, aveia com leite de soja e uma fruta, além de outras coisas.
Ainda assim, faço três dias de baixo carboidrato, para um dia de alto carboidrato. Conforme falei aqui!

Isso ajuda o organismo a não se acostumar a queimar apenas gordura e não se esquecer de trabalhar também os carboidratos.

Eu acredito que qualquer que seja o estilo alimentar de uma pessoa, se foi escolhido baseado em boas informações, se é bem orientado, se existe algum controle das taxas (exames sangue, urina, pelo menos os básicos) e se existem todos os nutrientes necessários para uma vida saudável, então esse estilo alimentar só pode dar certo.
Cada um de nós é único, não adianta querermos impor nosso ponto de vista e nosso método. O que funciona com uma amiga linda, pode não funcionar comigo e vice versa.
Acho que aqui, como na religião, na política e outras áreas, cada um sabe bem o que faz mal e o que faz sua vida brilhar.
Então vamos sim, trocar informações de qualidade e apoio entre nós. Esse apoio que existe, o carinho, atenção, isso tudo é parte do nosso sucesso, da nossa conquista. Confesso que o apoio que recebo muitas vezes me emocionou e sempre foi e é algo fundamental nessa minha luta.
Fico igualmente feliz quando sei que posso fazer a diferença com meu carinho e atenção para com vocês.

Um beijo do tamanho do mundo! Obrigada por todo carinho de vocês!
Termino com uma frase da minha querida amiga e companheira de luta!

"Deus, me dê tudo que precisa ser dado e me tire tudo que precisa ser tirado!"

Vejam o vídeo com som :)

video


23 Notícias e dica drenante caseiro



Olá meninas e meninos!
Eu estou realmente numa fase delicada e como não falo de assuntos pessoais no blog, fico sem estímulo para postar. Peço desculpas e agradeço o carinho de vocês. Vocês são especiais! Really!

Na semana passada engordei 1,200 quilos. Mas na sexta feira comecei novamente a redução de carboidratos e digo-vos que praticamente já eliminei isso. Realmente comigo funciona essa redução.

Tenho me alimentado bem, apesar de tudo! Não tenho tentado me reanimar com comida. Passei uma semana acrescentando uma sobremesa todos os dias e foi isso que me fez engordar.
Claro, foi uma sobremesa bem docinha! Mas foi opção minha e não estou arrependida.

A vida segue e as coisas vão, aos poucos, chegando no lugar certo. No lugar que Deus também as quer!

Tenho lido vossos blogs e vocês sabem disso. Nem sempre comento porque quando estou triste, prefiro não espalhar essa energia. Mas em alguns casos, sinto mesmo aquele impulso e comento. Seja por me identificar com alguma situação ou por ficar muito feliz, quando vejo alguém obtendo sucesso.
Nós sabemos o quanto essa luta é importante e só quem passa por isso entende.

Bom, encontrei algo interessante que fiz, adorei e vou deixar aqui para vocês.
Já comprei drenantes, mas prefiro os produtos naturais e acredito que é isso que funciona. Uma alimentação, o mais possível, livre de químicos.

Então fica aqui a receita deliciosa para tomarem durante o dia e de quebra sentirem as pernas mais leves e o inchaço, até mesmo da fase menstrual, ir para o espaço.


Receita:3 litros de água num jarro grande.

Junto à água:

. 1 limão cortadinho em rodelas bem finas.
. 1 pepino descascado e cortado em rodelas também bem finas
. 12 a 14 folhas de hortelã ou erva cidreira fresca.
. 1 colher de chá de gengibre, em raiz, ralado na hora (ou mais, dependendo da preferência. O gengibre ajuda a acelerar o metabolismo de forma natural.)

Colocar tudo num jarro grande, mexer tudo, tapar, deixando no frigorífico durante a noite.

Fiz exatamente conforme está descrito. Achei delicioso e coloquei bastante gengibre porque estou habituada ao sabor e adoro. Como drenante, perfeito! E o sabor igualmente perfeito para o meu paladar. Encontrei aqui!
Espero que gostem! Depois podemos ir tentando novos sabores, combinações diferentes. Pensei em casca de maçã, abacaxi, pau de canela, cravo, colocar um pouco de chá pronto de cavalinha e assim por diante.

Fica meu beijo grande, meu desejo de que tudo corra bem para todos nós! E que a semana seja de realizações.


32 Mudanças


Não desistam, persistam sempre! Mudem quando for necessário, pois se algo não está bem é porque precisa ser modificado. Assim é a vida!
Fé e sorte para todos nós! 
Até breve! 


35 Notícias e mais...



Olá meninas e meninos! Quantas saudades sinto desse cantinho, de conversar em vossos blogs e de receber o carinho de vocês.
Peço perdão, minha vida está um tantinho conturbada, eu estou um pouco confusa também com relação a várias situações e por isso não tenho tido cabeça para postar e nem tenho estado ao computador.

Vocês sabem que mudanças muito radicais por vezes são necessárias, mas trazem muita insegurança e medo junto. Tomar decisões que envolvem uma reviravolta na vida da gente não é fácil.
Por isso não tenho aparecido, me perdoem!

A minha reeducação alimentar continua firme, venho fazendo a ciclagem de carboidratos da qual falei aqui!
Tenho tido cerca de 4 dias de baixo carboidrato para um dia alto (vou adaptando).
Nesses 4 dias eu fico com 40 a 50 gramas de carboidratos, não menos. Como tenho emagrecido assim, não vou diminuir, pois não acho necessário. Com essa quantidade como 30gramas de aveia todos os dias, uma fruta ou duas e salada verde, brócolis (varia, depende do quanto como e qual tipo de legume).


A novidade é que consigo matar o bichinho do doce com uma barrinha atkins que tem 18g de proteínas, 1.1g de açúcar e 3.1 net carbs. Os net carbs são os carboidratos líquidos, os que realmente contam, pois têm efeito do açúcar no sangue (carboidratos - quantidade de fibras = net carbs).
Algumas barrinhas que encontrei não podem ser usadas, pois contém muitos carboidratos, mas essa pode e ajuda demais, tem quase 10 gramas de fibras.
Eu como uma barrinha de vez em quando, não todos os dias, pois como vocês podem ver aqui, elas são caras.
E outro detalhe, acho que nada é tão bom como comermos alimentos naturais, o mais possível.

Essa semana emagreci 1 quilo e 200 gramas. Mas foi uma semana diferente, delicada, não comi normalmente. Por isso o peso pode sim oscilar um pouco nos próximos dias.

Bom gente, depois de tantas tentativas estou satisfeita com esse método, sinto-me bem disposta e funciona comigo. Portanto, vamos em frente, certo?!
Acho que é isso, temos que encontrar nosso caminho. Eu penso que finalmente encontrei o tipo de alimentação que nutre meu organismo, me emagrece e me deixa satisfeita.
Claro que existirão mais momentos conflituosos e eu sei disso, mas prefiro pensar neles quando chegarem. Já tenho aqui em outro patamar da vida alguns sérios problemas com os quais devo me preocupar. Portanto, estou a tentar ficar feliz com essa parte do processo.

Agradeço de coração o carinho de vocês e as mensagens.
Agora preciso ter paciência porque nada se resolve de um momento para outro e a vida está realmente delicada nesse momento.

Vou tentar visitá-los hoje e amanhã. Preciso retomar a minha leitura dos vossos blogs e também buscar forças aqui, pois nós sabemos que o equilíbrio emocional é tudo! E a falta dele nos leva, muitas vezes, ao ataque de guloseimas :)
Infelizmente essa é uma realidade em nossas vidas, nós que já chegamos a pesos extremos sabemos muito bem como lá se chega!


P�gina Anterior Pr�xima P�gina Home
 

Copyright © 2012 Petit Po�! Elaborado por Marta Allegretti
Usando Scripts de Mundo Blogger